Lagos do Sabor

Photo 1
Photo 1
Todas as fotografias / imagens são fornecidas apenas para orientação.
Localiza-se muito próximo da cidade de Torre de Moncorvo, na Região Norte e sub-região de Terras de Trás-os-Montes, Distrito Braganca, Noroeste de Portugal
 
Na zona de Trás-os-Montes existe um território que por entre serras agrestes e amendoais a perder de vista é banhado por um azul imenso que são designados “os Lagos do Sabor''''''''.

Os Lagos do Sabor caracterizam-se por 70 Km de água cristalina que vão desde a barragem do Baixo Sabor até à foz do Azibo, grandes lagos ligados entre si por gargantas e penhascos que formam um santuário da vida selvagem onde o azul da água se funde com o horizonte.

Os Lagos do Sabor nasceram com a construção da Barragem do Rio Sabor e estão a transformar-se na nova atracção turística de Trás-os-Montes.

A paisagem mudou radicalmente e para dar nova vida à região e promover a paisagem que resultou da construção da barragem do baixo Sabor, os municípios abrangidos pela albufeira criaram diversos circuitos à volta dos lagos artificiais.

Neste lugar são mais de 200 quilómetros através dos municípios de Torre de Moncorvo, Alfândega da Fé, Mogadouro e Macedo de Cavaleiros que nos permitem uma visão de diversos ângulos sobre o espelho de água e sobre este território tão singular.

Além da paisagem e da boa gastronomia transmontana, também se pode ver o grifo a pairar nas arribas, e avistar uma Águia de Bonelli nas escarpas ou a lontra passeando pelo rio.
As várias rotas pelos Lagos do Sabor
 
A Associação dos municípios do Baixo Sabor criou 3 circuitos automóveis ideais para nos darem uma perspetiva da enorme diversidade que caracteriza este território.

Nas zonas baixas do Vale da Vilariça até às fragas íngremes do alto Sabor estes circuitos levam-nos numa viagem por um território quase desconhecido da maioria dos Portugueses, mas que tem um valor único e incalculável.

No Mogadouro tem belíssimos trilhos para percorrer, e um dos mais famosos é o “Trilho do Monóptero” que nos leva até ao um dos pontos de visita no concelho, mas o trilho mais belo é o “Trilho da Faia d'''' Água Alta” abrangendo cerca de 8,5 km que leva até uma das cascatas mais bonitas do país que é a cascata da “Faia d'''' Água Alta”.

Na Torre de Moncorvo um dos trilhos mais famosos é a “antiga linha do Sabor", que são 34 km de uma beleza ímpar que pode ser feito a andar ou de bicicleta, e pode ser dividido em vários troços.

Outra rota bem popular é a “Rota do Lobo” com 13 km no interior da Serra do Roboredo e aqui nesta serra temos a “Rota do Corço” circular e com cerca de 12km.

Os trilhos mais bonitos são o “Trilho do Sabor'''''''' que vai até Santo Antão da Barca, mas é também um dos lugares privilegiados para apreciar os Lagos do Sabor e o “Trilho de Alvazinhos”.

Macedo de Cavaleiros um dos percursos mais fáceis e mais bonitos é o “Trilho de Ricardo Magalhães” em Santa Combinha.

Este trilho circular e com pouco mais de 4 km acompanha a “Barragem do Azibo”, por isso conta com duas horas de completo deleite onde há diversos trilhos na zona da Barragem do Azibo, e muitos dos trilhos sinalizados passam por geossítios do “Geopark Terras de Cavaleiros”.
Praias Fluviais
 
A Praia Fluvial da Foz do Sabor (Torre de Moncorvo) e a Praia Fluvial do Azibo (Macedo de Cavaleiros), e na verdade o que há é uma albufeira do Azibo que tem duas praias fluviais bem perto uma da outra: a “Praia da Fraga da Pegada” e “Praia da Ribeira”.

A Praia da Ribeira foi eleita uma das 7 Maravilhas, porque tem excelentes equipamentos de apoio, área com relva, areia, restaurante e imensas sombras, e ambas as praias têm o selo de praia acessível.

Nos Lagos do Sabor há vários alojamentos, e os circuitos dos Lagos do Sabor atravessam diversos municípios, por isso pode ficar no Vale da Vilariça que se caracteriza por ser uma zona verdejante e calma, e que fica num ponto estratégico para os visitantes se moverem entre os vários circuitos.