Home > sintra 

Museu Anjos Teixeira

Photo 1
Photo 1
Todas as fotografias / imagens são fornecidas apenas para orientação.
Localiza-se na Azinhaga Sardinha, cidade e concelho de Sintra, Distrito de Lisboa, Centro de Portugal
 
O seu espólio é constituído pelo legado artístico de dois grandes escultores portugueses contemporâneos Artur Anjos Teixeira (1880-1935) e Pedro Anjos Teixeira (1908-1997), pai e filho.

O filho de Artur Anjos Teixeira terá um percurso exclusivamente nacional (metrópole e ilhas adjacentes), aprende com o pai e forma-se em escultura, e anos mais tarde em Ciências Pedagógicas a fim de poder lecionar.

Na exposição permanente encontra-se grande parte da obra dos dois escultores, trabalhos figurativos de temática humana e animal, representações dos homens e mulheres do povo, nas suas diversas profissões, atitudes e trajos característicos.

Pedro Anjos Teixeira continuou o legado artístico de seu pai procurando expondo o seu conhecimento através das obras Tecnologias da Escultura e Anatomia Artística do Homem & Comparada dos Animais (2 vol.), duas obras dirigidas às crianças: História de Grilos Amigos da Minha Infância e Memórias de um Grão de Trigo.

O museu encontra-se instalado em um edifício do início do século XX construído para azenha, que na Azinhaga da Sardinha aproveitava as águas do rio do Porto, mais tarde foi transformada em serração de pedra, por fim adquirida pela Câmara Municipal de Sintra para um depósito de viaturas municipais.

A 24 de Setembro de 1974, Mestre Pedro Augusto dos Anjos Teixeira (1908-1997) legou oficialmente à Edilidade Sintrense todo o seu espólio, e boa parte do de seu pai, Artur Gaspar dos Anjos Teixeira (1880-1935), as obras de dois grandes Mestres Escultores contemporâneos reunidas no mesmo espaço o qual abre ao público apenas em 1976.

No ano de 1982 o museu foi fechado para restauração e ampliação do ambiente, de acordo com a escritura do local datada de 1974 deveria ser construída dependência para uso privado do doador.

O visitante vai encontrar coleções expostas: escultura, desenho, medalhística, pintura, correspondência e fotografia.

Nesse contexto o Mestre passou a morar no museu, fazendo do espaço uma Casa-Museu ministrando aulas de escultura a jovens no período de 1977 a 1992.

Atualmente o Museu recebe uma pintura interna com tons mais claros a fim de diferenciar o que era parte da estrutura do que era objeto de exposição, e foi feito também o tabelamento de todas as obras do acervo.

O Museu Anjos Teixeira é um espaço museológico desenvolvido a partir da residência e ateliê de trabalho do Escultor Pedro Anjos Teixeira proporciona a quem o visita um encontro com um diversificado espólio artístico, de grande abrangência temática.