Home > setúbal 

Museu de Arqueologia e Etnografia

Photo 1
Photo 1
Todas as fotografias / imagens são fornecidas apenas para orientação.
Localiza-se em Setúbal, Distrito de Lisboa, Centro de Portugal
 
O Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal foi fundado em dezembro de 1974 e abriu ao público em 1976 e o acervo do acervo do museu integra duas vertentes: a arqueológica e a etnográfica.

Na vertente arqueológica o espólio integra materiais oriundos de sítios arqueológicos pré-históricos, desde o Paleolítico até à Idade do Ferro e romanos.

Na vertente etnográfica, o museu apresenta materiais relacionados com as actividades da pesca, produção do sal, agricultura, pecuária, fiação e tecelagem, artesanato rural e urbano e arte popular.

O Museu possui um valioso acervo representativo do Distrito de Setúbal no domínio arqueológico com destaque para as coleções pré-históricas (Paleolítico inferior e médio, Epipaleolítico, Mesolítico, Neolítico, Calcolítico, Idades do Bronze e do Ferro), romanas e pós-romanas.

As coleções de etnografia, especialmente no que respeita a artefactos relativos às actividades tradicionais de pesca, recolecção, silvicultura, criação de gado, agricultura, construção naval, fiação e tecelagem, arte popular e artesanato rural e urbano.

No âmbito do museu funciona o Centro de Estudos Arqueológicos dispõe de uma biblioteca especializada com cerca de 5000 volumes e edita uma revista especializada designada Setúbal Arqueológica.

Um espaço onde se podem observar colecções arqueológicas, principalmente das zonas a sul do distrito, possui uma secção de etnografia ligada às tradições piscatórias e agrícolas da região, e miniaturas de barcos e fábricas construídas pelo popular artista Borda d''Água.

O Museu de Arqueologia e Etnografia de Setúbal apresenta um acervo sobre arqueologia de todo o distrito de Setúbal, com coleções pré-históricas, objetos etnográficos e artesanato popular.

A exposição permanente de arqueologia apresenta uma narrativa desde o Paleolítico até à época Romana através de artefatos e documentação.

Na exposição permanente de etnografia o visitante observa utensílios que são relativos às atividades tradicionais da região: pesca, salinas, agricultura, construção naval, tecelagem, gado, arte popular e artesanato.

Um museu onde o visitante pode ver tesouros locais valiosos, obter uma rápida pré-história de uma área e fornecer uma base para comparar uma área a outra, série de exposições sobre as diferentes fases do passado antigo desta parte de Portugal com mapas de sítios e artefatos de diferentes fases de ocupação. A seção etnográfica do Museu possui modelos de navios à vela a grandes exemplos de ferramentas antigas.