Biblioteca Municipal

Photo 1
Photo 1
Todas as fotografias / imagens são fornecidas apenas para orientação.
Localiza-se na Rua da Picota, Vila de Ponte de Lima, distrito de Viana do Castelo, Norte de Portugal
 
História da Biblioteca Municipal
 
Apesar de não ser conhecida com precisão a data da fundação da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima é aceite que terá tido o seu início durante a 1ª República.

A composição arquitetônica da Biblioteca Municipal resulta da abertura da Rua Cardeal Saraiva no fim do 1º quartel do séc. XX que dividiu em dois o edifício do antigo Hospital da Misericórdia destruindo-se assim um curioso claustro seiscentista e um pouco da muralha medieval.

Adossado a um troço da muralha existe um acesso à adarve a partir da varanda alpendrada voltada ao Largo da Picota encontrando-se no seu interior uma escadaria de características barrocas.

O fundo documental da Biblioteca Municipal inicialmente localizada numa sala existente num edifício do centro da vila no Largo Camões era constituído pelo espólio que então existiu no Liceu Municipal de Ponte de Lima.

No ano de 1965 procedeu-se à sua mudança para um novo espaço designado por "Cadeia das Mulheres".

O acervo documental da Biblioteca Municipal foi aumentando graças às doações efetuadas por famílias ilustres de Ponte de Lima e o espaço deixou de ter as condições necessárias para o bom funcionamento.

A situação gerou uma natural desmotivação por parte dos potenciais leitores e conduziu a uma frequência quase nula.

Na década de 80 a Câmara Municipal procurou solucionar os problemas da biblioteca encetando os primeiros contactos com as entidades responsáveis agendando visitas ao local com o objetivo de apurar as falhas existentes e encontrar soluções.

A instalação física da futura biblioteca num edifício de valor histórico e patrimonial onde funcionou o Hospital da Santa Casa da Misericórdia e posteriormente o quartel da GNR.

A Biblioteca trata-se de uma construção do século XVII com dois pisos e aproveitamento da cobertura encostada ao intradorso da muralha e no gaveto das ruas da Picota e Cardeal Saraiva.

O edifício apresenta um corpo único que foi cortado no início do século XX e destruindo-se um curioso claustro seiscentista e parte da muralha medieval.

Após diversas diligências o projeto de execução da biblioteca acabou por ser aprovado pelas entidades competentes em maio de 1988.

A empreitada ficou concluída em setembro de 1992, procedendo-se à instalação de equipamentos e aquisição de fundo documental.

A abertura oficial teve lugar no dia 19 de setembro de 1993, numa cerimónia presidida pelo Sr. Primeiro-Ministro, Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva.

Nasceu assim a Biblioteca Municipal Pública encostada a um troço da muralha com um acesso ao adarve a partir da varanda alpendrada voltada ao Largo da Picota que é pontuado por uma estatueta em granito representando uma cantareira denominada de Maria da Fonte.

O interior da biblioteca também é enriquecido por uma monumental escadaria em granito de características barrocas.

Atualmente a Biblioteca Municipal continua a sua atividade neste edifício visando satisfazer as necessidades dos munícipes em informação, cultura, educação e lazer.