Museu do Molde

Photo 1
Photo 1
Todas as fotografias / imagens são fornecidas apenas para orientação.
Localiza-se na Praça Guilherme Stephens, cidade Marinha Grande, no distrito de Leiria, na província da Estremadura, integrando a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria, na região do Centro de Portugal
 
A Coleção Visitável do Futuro Museu da Indústria do Molde foi inaugurada no dia 13 de dezembro de 2013, no Edifício da Resinagem, situado na Praça Guilherme Stephens, na Marinha Grande na presença de cerca de duas centenas de pessoas entre as quais se destacaram muitos empresários do setor.

Na cerimónia de inauguração referiu-se que naquele dia assinalou-se uma homenagem à indústria dos moldes e a todos aqueles que ao longo dos anos contribuíram para a sua implantação, desenvolvimento e evolução.

A escolha do Edifício da Resinagem assenta na centralidade do espaço e na sua integração num conjunto de equipamentos culturais e outros objeto de profundas requalificações que valorizam o nosso Centro Tradicional.

A Coleção “Esculpir o Aço” surge por iniciativa da Câmara Municipal da Marinha Grande e da Associação Nacional da Indústria de Moldes e retrata 70 anos de história dos moldes.

A coleção exposta procura enquadrar e sintetizar a evolução da Indústria de Moldes desde a sua génese até aos dias de hoje e homenagear todos aqueles que nela trabalharam e trabalham hoje em dia dando ênfase ao passado e abrindo espaço para o futuro

A Associação Nacional da Indústria de Moldes e o Município da Marinha Grande juntaram esforços no sentido de criar na Marinha Grande, mais concretamente, no seu centro histórico, um espaço de exposição dedicado à História da nossa Indústria, o qual funciona como embrião de um futuro “Museu da Indústria de Moldes”.

O projeto tem como objetivo contribuir para a memória coletiva da nossa Indústria e recuperação de património que faz parte da História do nosso Setor.

No ano de 21013 A CEFAMOL - Associação Nacional da Indústria de Moldes iniciou um processo de inventariação e identificação de elementos como documentos, equipamentos, ferramentas, desenhos, fotografias, modelos, peças, produtos que permitam às novas gerações conhecer o extraordinário percurso de desenvolvimento da Indústria Portuguesa de Moldes ao longo dos últimos 70 anos.

A colaboração de empresas e personalidades que se disponibilizaram para participar nesta iniciativa conseguiu-se realizar a identificação de espólio com relevância histórica.

A evolução dos equipamentos, das ferramentas, do tipo de moldes, das fábricas e também um pouco daquilo que será o futuro da Indústria de Moldes constituindo-se como inspiração para as camadas mais jovens escolherem a Indústria de Moldes como uma profissão de futuro.