Barragem do Sabugal

Photo 1
Photo 1
Todas as fotografias / imagens são fornecidas apenas para orientação.
A Barragem do Sabugal situa-se na Aldeia de Santo António, no leito do Rio Côa, Cidade do Sabugal, distrito da Guarda, Centro de Portugal
 
A Barragem do Sabugal também conhecida como Barragem de Nossa Senhora da Graça foi construída para resolver questões relacionadas com a falta de água.

As secas dos últimos anos desta região levaram a que o armazenamento e a poupança de água nesta região se tornassem num bem precioso e também muito necessário a regulação do caudal ecológico do rio Côa.

A não utilização de cerca de 36 milhões de m3 que viabilizam utilizações nomeadamente turísticas e recreativas diminuem os impactes inerentes a elevadas flutuações do nível da albufeira.

A escassez de água na barragem devido ao “descontrolo” na transferência para o regadio da Cova da Beira e como consequências a falta de água para abastecimento público das populações, a perda da biodiversidade e de desolação.

A barragem possui um dispositivo de manutenção de caudal ecológico que constitui a principal infra-estrutura de armazenamento deste aproveitamento hidroagrícola.

A Barragem do Sabugal começou o seu projecto no ano de 1994 e foi inaugurada em 2000 e teve como projetista COBA e Construtores (Engil, Adriano, Edifer e Cerejo).

A barragem tipo de betão (fundação em terra zonada) com altura acima da fundação de 58,50 m, cota de coroamento de (794,00) com altura acima do terreno natural de 56,50 m, comprimento do coroamento de 1005m com largura do coroamento de 10,00 m, 2 banquetas a jusante com volume de aterro de 1894x1000m3.

As características hidrológicas da barragem possuem uma área da Bacia Hidrográfica de 130 km2 com precipitação média anual de 1248 mm, caudal de cheia de 569 m3/s com período de retorno de 1000 anos e volume de cheia milenária de 19.60hm3.

A Albufeira possui uma área inundada ao NPA de 7320 x 1000m2 com capacidade total de 114300 x 1000m3 (capacidade útil de 10400 x 1000m3), nível de pleno armazenamento de 790 m, nível de máxima cheia de 791,81 m (nível mínimo de exploração de 774 m).

O descarregador de cheias localiza-se na margem direita com tipo de descarregador em canal de encosta com cota da crista da soleira de 790 m (desenvolvimento da soleira de 35 m) caudal máximo descarregado de 182 m3/s e dissipação de energia de ressalto.

A descarga de fundo tipo em conduta sob o aterro com secção da conduta d 1500 mm, caudal máximo de 28,3 m3/s, controle a montante com comporta de vagão, controle a jusante com comporta sector e dissipação de energia de ressalto.

O paredão da barragem do Sabugal permite um passeio pedonal de um lado e do outro da barragem.