Home > aldeias 

Aldeia de Benfeita

Photo 1
Photo 2
Photo 3
Photo 4
Photo 1
Photo 2
Photo 3
Photo 4
Todas as fotografias / imagens são fornecidas apenas para orientação.
Localiza-se na freguesia de Benfeita, Vila de Arganil, distrito de Coimbra, na província da Beira Litoral, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região Região de Coimbra
 
Uma das "aldeias brancas" da Rede das Aldeias do Xisto e possui uma torre da paz, um sino e um relógio.

A Torre batizada primeiro como Torre Salazar foi em 1945 que o seu nome mudou para Torre da Paz para celebrar o fim da II Guerra Mundial.

A Torre da Paz toca 1620 badaladas todos os anos no dia 7 de maio e caracteriza-se por ser um edifício de planta quadrada com três metros de altura e 11 metros de lado, na parte superior duas ventanas servem para alojar os seus dois sinos e a cúpula é em granito.

O denominado “Sino da Paz” possui a seguinte inscrição: "Mandou Fazer Dr. Mario Mathias no ano de 1945”.

O Sino foi fabricado em Almada na firma Manoel F. Couzinha e pesa 6 kg e foi colocado na Torre da Paz em Abril de 1945.

O relógio é uma máquina extraordinária e várias peças do mecanismo exibem frases que enaltecem a Paz. Numa está gravado “Bendigamos a Paz” e outra “ A Paz seja connosco”.

A Aldeia possui uma Igreja Matriz (século XVIII), a Capela da Nossa Senhora da Assunção, a Capela de Santa Rita (séc. XVIII de planta octogonal rectangular), e a Capela do Senhor dos Passos (1954 recebeu profundo restauro, pequena capela de planta rectangular com portal orientado a sul).

No cimo numa colina próxima encontra-se a Capela de S. Bartolomeu, a da Senhora da Guia e a da Senhora das Necessidades.

A Casa Simões Dias uma pedra afixada na fachada assinala: “Nesta casa nasceu em 5 de Fevereiro de 1884 o grande professor e distinto poeta Dr. Jose Simoes Dias” e teve uma grande projecção no meio político e literário.

José Simões Dias (Benfeita, 5 de fevereiro de 1844-Lisboa, 3 de março de 1899) foi um contista, poeta, crítico literário, político e pedagogo português.

A sua poesia é geralmente associada à tradição romântica tardia por vezes denominada ultra romantismo mas alguns dos seus poemas populares no tom podem revelar afinidade para a estética realista que começava a florescer nas letras portuguesas.

A Loja Aldeias do Xisto no piso inferior pretende acolher o centro documental sobre Simões Dias.

O Moinho do Figueiral fica na Av. Dr. Mário Mathias junto à margem esquerda da Ribeira da Mata movido a força hidráulica recentemente recuperada e cujo interior pode ser visitado.

A importância do cultivo da oliveira levou a que a aldeia possuísse duas infraestruturas para produção de azeite: o Lagar de Cima e o Lagar de Baixo e o abandono não permite visita ao seu interior.